quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

Nas tardes

maiores que vêm chegando, não sei quem és nem quando virás.
Sei que trazes a cor da vida que viverei sem medos ao teu lado.

Espero-te.

8 comentários:

Maria Papoila disse...

E quem espera sempre alcança, não é?

Mia disse...

Belo ;)

Esta espera pela cor parece uma travessia do deserto...

Silver disse...

dá-me 15 minutinhos, sim? :) bjiiinhes

Maria Manuela (M&M) disse...

É tão bom ter por quem esperar....

A + disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
A + disse...

maria papoila: oxalá que asim seja.

mia: mas não é, e mesmo se fosse, seria igualmente belo porque o deserto pode ser magnífico ;)

silver: então, pá? :))

m&m: sobretudo se o resultado da espera corresponder às tuas expectativas ;)

Silver disse...

eu e este meu defeito... ou chego antes da hora ou atraso-me terrivelmente :)) bjiiis

serotonina disse...

uma palavra de esperança, é sempre muito bom